Preciso de empréstimo para investir na minha empresa

O cenário econômico atual no país é de início de uma crise. Muitas empresas fechando as portas, reduzindo a produção, tendo dificuldades em pagar fornecedores e funcionários.

O NValores explica, neste artigo, uma das alternativas que pode ser encontrada. Se você já possui uma empresa ou quer abrir uma, saiba que a crise pode virar oportunidade. E conseguir um empréstimo responsável para investir na sua empresa é uma das alternativas.

Tipos de empréstimo para investir na empresa

As empresas, com CNPJ, são clientes preferenciais dos bancos e instituições financeiras. E com isso, existem diversos tipos de empréstimo para empresas que os bancos oferecem.

1 – Capital de Giro

O Crédito de Capital de Giro na verdade funciona como um cheque especial de pessoa física. É um limite financeiro de crédito, só que com taxas menores que as do cheque especial. Este limite fica disponível para utilização na conta corrente, e será tão maior quanto a movimentação financeira – pagamentos e recebimentos – feitos naquele banco.

2 – Desconto de Cheques e Duplicatas

Se sua empresa recebe por meio de cheques ou boletos bancários, diversos bancos e instituições financeiras oferecem o desconto de cheques e duplicatas. Se você tem um valor a receber, em nota fiscal ou cheque pré-datado, você pode vender essa dívida para o banco. O banco será o responsável por cobrar essa dívida. Nessa compra e venda, o banco sempre repassa a você um valor menor, por conta dos descontos de juros e taxas.

3 – Factoring ou fomento mercantil

É uma alternativa ao empréstimo para investir na empresa. Existem bancos e instituições especializadas neste tipo de operação financeira, as chamadas empresas de Factoring.Funciona parecido com o desconto de cheques e duplicatas, mas é feito através de um contrato de longo prazo. Neste caso, a empresa de factoring será responsável por cobrar todas as dívidas dos clientes da sua empresa. Tem juros e taxas menores que as do desconto de cheques, e pode ser uma boa alternativa se você precisa de valores para investir em sua empresa.

4 – Financiamento de veículos, equipamentos e imóveis.

Diversos bancos e instituições financeiras oferecem linhas de crédito especiais para aquisição de veículos, equipamentos e imóveis, por parte das empresas. Serve para renovar a frota de veículos, comprar mais equipamentos ou reformar ou adquirir imóvel comercial. As taxas de juros são mais baixas que as oferecidas para as pessoas físicas, pois a garantia se baseia no relacionamento da empresa com o banco.

5 – Empréstimo especial para empresas – 13º salário

Funciona como uma linha de crédito especial, oferecida pelos bancos no final do ano, para que as empresas possam parcelar, com juros baixos, os recursos necessários para o pagamento do 13º salário de seus funcionários.

Acabei de abrir uma empresa e preciso de empréstimo para investir

Se você acabou de abrir sua empresa, certamente será mais difícil conseguir empréstimo com boas taxas e condições de pagamento no banco. Os créditos mais comuns são para empresas abertas a mais de um ano

Neste caso, você tem algumas alternativas para conseguir empréstimo para investir na sua empresa.

1 – Refinanciamento de Imóveis Residenciais

Uma das soluções, para investir na sua empresa, como nós mesmos do NValores já explicamos em outro artigo, é o refinanciamento de imóveis. Se você é proprietário de um imóvel residencial, pode levantar um empréstimo para investimentos com taxas de juros baixas e prazo de pagamento mais longo. É sempre importante ter o controle do financiamento, e saber que vai conseguir pagá-lo.

2 – Refinanciamento de Veículos

O refinanciamento de veículos é semelhante ao refinanciamento de imóveis, mas a garantia do empréstimo vai cair em um automóvel. Isso quer dizer que as taxas de juros são um pouco maiores, e o prazo de pagamento é menor. Mas ainda assim, é uma boa alternativa, caso você precise de algum investimento urgente na sua empresa.

3 – Bancos de Desenvolvimento do Estado

Se você abriu recentemente sua empresa, você deve verificar se em seu estado existe algum banco ou instituição governamental na área de desenvolvimento econômico. Em Minas Gerais existe o BDMG – Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, e em São Paulo a Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista. Nestes casos, estes bancos possuem linhas de crédito especiais, com juros baixos, para empresas que acabaram de abrir o CNPJ.

BNDES

O BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – é um banco do Governo Federal, que oferece uma linha de crédito específica para empréstimos em investimentos em empresas.

O BNDES atua de duas formas distintas, basicamente

1 – Micro, pequenas e médias empresas: Oferece a linha de crédito de Capital de Giro, Cartão para Compra de Equipamentos e Veículos, Crédito para Importação e Exportação, ou seja, todos este produtos, através de Bancos Parceiros. Neste caso, existem 3 pessoas envolvidas: A sua empresa, o BNDES e o Banco Parceiro. O BNDES repassa os valores ao banco parceiro, que irá fazer a análise de crédito e verificar as documentações para liberar o empréstimo a sua empresa, seja por conta corrente ou cartão de crédito empresarial.

2 – Grandes Empresas: Neste caso, as grandes empresas precisam contratar uma consultoria específica, que vai atuar diretamente junto ao BNDES para liberar os recursos. Os mesmos tipos de empréstimos são oferecidos, mas como se trata de um alto faturamento, o BNDES pode entrar como fornecedor de crédito ou mesmo como acionista da empresa, através do BNDESPar.

Documentação para conseguir

A empresa deve estar devidamente registrada, na Junta Comercial e na Receita Federal. Possuir o CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas.

Além disto, em todos os casos, é necessário comprovar itens como o Capital Social – Capital que os sócios investiram para a abertura da empresa, a regularidade fiscal e trabalhista – se a empresa não está devendo nenhum tipo de imposto e se está pagando os funcionários em dia – e ainda, documentos de “nada consta” junto ao Serasa e SPC – se a empresa está pagando em dia seus fornecedores.

E ainda, em todos os casos, os bancos e instituições financeiras solicitam que os sócios sejam avalistas do empréstimo, ou seja, em caso de inadimplência do CNPJ, a dívida de alguma maneira acaba sendo cobrada dos sócios.

Procure o NValores. Nossa consultoria especializada pode te ajudar a encontrar as melhores soluções e indicar o tipo de financiamento e empréstimo que você precisa para poder investir na abertura e no crescimento de sua empresa.

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira no Brasil. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt