IPVA no Estado de São Paulo

O IPVA no Estado de São Paulo é um dos mais altos no país, para os veículos a gasolina.

Como foi citado em outros artigos, o IPVA é um imposto estadual, cobrado de proprietários de veículos automotores.

Em São Paulo, para o cálculo do IPVA, o proprietário deverá consultar o valor do veículo através da Tabela FIPE, disponível neste link.

Alíquota do IPVA por tipo de veículo, em São Paulo

De acordo com informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, o IPVA em 2015 tem alíquotas diferentes dependendo do tipo de veículo.

Os automóveis movidos a gasolina ou bicombustíveis tem alíquota de 4% de IPVA, por ano, a ser calculada pelo valor do veículo. Também tem alíquota de 4% as picapes de cabine dupla.

Os automóveis que utilizam exclusivamente etanol, eletricidade ou gás natural veicular, têm alíquota de 3%.

Os veículos utilitários, ônibus, micro-ônibus, motocicletas e similares, por sua vez, têm aliquota de 2% de IPVA, calculada pelo valor do imóvel.

E os caminhões e caminhões-trator, registrados em Sâo Paulo, têm alíquota de IPVA de 1,5% do valor tabelado do veículo.

Isenção de IPVA no estado de São Paulo

Como cada estado tem a sua autonomia para definir a arrecadação de IPVA e as isenções, não necessariamente um veículo isento de IPVA em São Paulo terá o mesmo tipo de isenção em outro estado.

Em São Paulos, são isentos de IPVA os veículos com mais de 20 anos de fabricação. Ou seja, apenas os veículos fabricados a partir de 1995 deverão recolher o imposto.

Além disto, são isentos em São Paulo os veículos de Igrejas, taxistas autônomos, pessoas com deficiência, entidades sem fins lucrativos, veículos oficiais da União, do Estado ou de Município, e, ainda, os ônibus e micro-ônibus do transporte público municipal.

Mesmo os veículos isentos ou imunes de pagamento de IPVA deverão recolher a taxa de licenciamento de veículos anual, e o seguro DPVAT.

Como pagar IPVA no Estado de São Paulo

As guias de pagamento do IPVA poderão ser retiradas através do caixa eletrônico, para pagamento com débito em conta corrente. Também pode ser usada a ferramenta de internet banking do seu banco, para poder quitar este débito.

Além disto, as guias podem ser emitidas pela internet para pagamento presencial, através do site http://www.ipva.fazenda.sp.gov.br/ipvanet/

Para gerar a guia de pagamento do IPVA, da taxa de licenciamento anual e do DPVAT, você irá precisar do último Certificado de Licenciamento e Registro do Veículo (CLRV). Nele, constam os números de Placa de Veículo, Chassis e RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores).

O IPVA poderá ser parcelado, até o vencimento, em até 3 vezes, ou ainda, pago à vista com 3% de desconto.

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira no Brasil. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt